PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Diário | Ou você acha que na hora de votar vale a comunhão de bens?!

“MAS TAMBÉM COMO É QUE UM HOMEM COM O PORTE ATLÉTICO QUE O SENHOR TEM, Ó MEU CAMARADA!, VOCÊ ME APARECE AQUI CHEIO DE HEMATOMAS, ‘AH PORQUE A MULHER’ – QUE NEM 60 QUILOS DEVE PESAR – ‘ME AGREDIU’?! COMO É QUE FOI A OCORRÊNCIA?
“Eu estive no sofá a ver o jogo do meu Sporting. Ela chegou, começou a me fazer carícia na cabeça, que chamam de cafuné… – o senhor investigador está já a ver, né? – Até nem vi mais quando a primeira parte terminou, apanhei já sono com as mãos dela. Afinal aquilo era sopa, o prato principal estava a vir. Quando acordei, estava já assim como estou, machucado e cheio de sangue…”
“A SENHORA ASSUME QUE ESPANCOU O SEU MARIDO?”
“Eu sou crente. Na bíblia aparece duas vezes. É amor.…”
“E o que é que eu vou fazer na bíblia?! Me fala só!… Minha senhora, não estamos aqui para desconversar, está bem?! Sabe que o incidente que protagonizou pode desembocar numa pena, não sabe? Você já imaginou o prejuízo para o país se ele acabasse sem a faculdade votar como deve ser? Ou você acha que na hora de votar vale a comunhão de bens?! Depois de uma guerra fratricida de três décadas que dilacerou o solo pátrio, e até olhando para o Censo populacional, fica já a senhora a saber que os homens então são poucos, ouviu?…”
“Bem, é assim…”
“NÃO ME INTERROMPA, FAÇO-ME ENTENDER?!”
“Desculpa, senhor investigador…”
“E VOCÊ, QUEIXOSO, ISSO É A PRIMEIRA VEZ OU SERÁ QUE LÁ EM CASA AS SAIAS SÃO COM O MEU AMIGO?!”
“Acho que é a primeira vez, chefe…”
“Com que então, contra todo o esforço apelativo do executivo e sociedade civil, a senhora decidiu armar-se em activista activa na promoção da violência doméstica, não é?”
“Primeiro. Eu lhe falei já no início que antes de casar, me mostra já tudo o que você realmente é, porque eu não quero leão na pele de ovelha. Ele ouviu mesmo bem, não disse ‘filha, não aguento’. Aí casamos. Carinhosamente, ele filho e eu filha…”
“NÃO ENTENDI…”
“Segundo. Esses dias ele começou a se comportar pelo lado podre. Mas a bíblia já não disse que ‘Aquele que poupa a vara aborrece a seu filho; mas quem o ama, a seu tempo o castiga’, senhor investigador?”
www.angodebates.blogspot.com | Gociante Patissa | Aeroporto Catumbela, 7 Agosto 2017

Sem comentários: